segunda-feira, 8 de janeiro de 2018

Outro dia, conversava com um amigo a respeito de certa escrita que acabou perdendo-se na cinefilia. Falávamos de blogs e revistas de cinema que, ainda, continham textos ao estilo de "uma ideia na cabeça e um entusiasmo de divulgar ou recusar algo", simplesmente, sem fiadores político-teóricos à sombra. Ou, por sua vez, que conseguiam atingir uma simplicidade genuína sem soar bocó ou recorrer ao chororô da experiência cinéfila proporcionada por tal filme e aquele outro. Acabei lembrando de alguns sites, mas poucos sobreviveram a uma revisão, sobretudo quando você, a essa altura do campeonato, encontra-se menos ingênuo e sem muito tempo a perder com bobagens. Sem dúvida alguma, esse é um deles. E, para a minha grata surpresa, já que não acessava mais blogs há um bom tempo, mantém-se ativo em suas atualizações. 

Seguidores