quinta-feira, 26 de janeiro de 2017

Rabid



“[...] vinha o caminhão de limpeza pública, e ia recolhendo e empilhando os defuntos. Mas nem só os mortos eram assim apanhados no caminho. [...] E, então, a carroça, ou o caminhão, parava. O cadáver era atirado em cima dos outros. Ninguém chorando ninguém.”

Arquivo do blog

Seguidores